Dia das Mães: Cuidando de Quem Cuida

Dia das Mães: Cuidando de Quem Cuida

Acreditamos que a palavra “mãe” é sinônimo de cuidado, amor incondicional, proteção. É aquele colo depois de um dia difícil, é porto seguro. É quem tem uma palavra sábia para todos os momentos. Seja você mãe, pai – ou até os dois! – vamos celebrar a sua garra e dedicação. Que este próximo domingo seja repleto de carinho, gratidão e estreitamento de laços.

Muito amor e atenção àquelas e àqueles que dedicam a vida por nós. Por essa razão, em homenagem ao dia das mães, trouxemos algumas histórias que confirmam esse amor e cuidado de mãe:

 

Raiza Andrade – São Paulo (SP)

“Eu tenho três filhos, na verdade quatro, pois tenho a guarda compartilhada do meu enteado. O desafio é fazê-los acreditar que o mundo pode ser melhor. Educá-los para que tenham valores sólidos e principalmente empatia.  É doação todo o tempo! Quando estou trabalhando em casa, eles sempre checam se estou por lá quando chegam da escola, a melhor sensação é o abraço que recebo quando eles me veem.”

Raiza Andrade Giroldo do Escritório São Paulo (SP) é mãe do Pietro de 10 anos, Henrique de 5 anos, Leandro Jr de 1 ano e 8 meses e do Felipe de 11 anos, seu enteado.

 

Kelmara Silva – Três Lagoas (MS)

“A nossa vida muda completamente! Ser mãe, para mim, vai muito além de gerar, é cuidar, proteger, educar e, acima de tudo, amar. É um grande desafio conciliar todas as responsabilidades, mas tem uma recompensa: todo dia, quando volto de serviço, meu filho está sentado na frente de casa com a minha mãe. Ele já me reconhece de longe e fica dando pulos de alegria. Não existe felicidade maior no mundo que essa!”

Kelmara Silva, da Unidade Três Lagoas (MS) é mãe do Luiz Otávio de 10 meses.

 

Valéria Barbosa – Aracruz (ES)

“Mãe para mim é além do que eu imaginava, uma responsabilidade muito grande, mas um amor incondicional, um amor tão grande que nunca imaginei sentir, não existe uma comparação deste amor, só sendo mãe para sentir!”

Valéria Barbosa da Silva, da Unidade Aracruz (ES) é mãe do Pedro Barbosa de 3 anos e de Emanoel Victor de 14 anos, seu enteado.

 

Aline Felippe – Limeira (SP)

Ser mãe é a melhor mudança que aconteceu em minha vida! É sentir o mais completo, o mais incrível amor. É o meu melhor motivo para passar algumas madrugadas em claro! É a minha mais importante responsabilidade. Ser mãe é a doce benção que Deus me apresentou.

Aline Felippe Aguiar, da Unidade Limeira (SP) é mãe do João Felippe de 1 ano e 7 meses.

 

Ana Lucia Tavora – Mucuri (BA)

“Eu sempre quis ser mãe e isso aconteceu após o falecimento da minha irmã e eu adotei a Lurdes, até então minha sobrinha. Eu brinco que tive 15 dias de gestação, 15 dias para me preparar para receber uma criança. Antes, ela se chamava “Lurdes Vitória Costa”, agora ela se chama “Lurdes Vitória Costa Tavora” – tem o meu nome e do meu marido. A Lurdes mesmo já disse “eu sou a pessoa mais feliz do mundo com a mãe e o pai que tenho!”. Eu sou muito mais de tê-la como filha!”

Ana Lúcia Tavora, da Unidade Mucuri (BA) é mãe da Lurdes de 5 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Digite o código da imagem acima